Menu

Americana Morgan Stanley investe em Portugal

A  Morgan Stanley Infrastructure Partners compra 49,99% da rede de fibra da MEO

O negócio avalia a rede de fibra em 4,63 mil milhões de euros da empresa e vai permitir à Meo um encaixe que pode superar os 2 mil milhões de euros.

O negócio deverá estar concluído no primeiro semestre de 2020 e foi feito com base numa avaliação de 4,63 mil milhões de euros da empresa, o que tem implícito um múltiplo de 20 vezes o EBITDA. A Meo garante um encaixe de 1.565 milhões de euros em 2020 com este negócio, mas o valor a receber pode aumentar no futuro, ficando dependente do desempenho financeiro da empresa.

A Meo pode receber mais 375 milhões de euros no final de 2021 e outro tanto no final de 2026. Caso receba o montante máximo, a Meo garante um encaixe 2.315 mil milhões de euros.

A Altice pretendia vender este ativo com base numa avaliação de 5 mil milhões de euros, sendo que várias das propostas que a empresa teve em cima da mesa não chegavam aos 4 mil milhões.

Em comunicado a Altice refere que a parceria com a Morgan Stanley permite criar uma empresa grossista em Portugal com cobertura em todo o país e que vai agora vender os seis serviços aos operadores de telecomunicações em Portugal  “com condições financeiras iguais para todos”. A Meo continuará a prestar serviços a esta empresa, a Altice Portugal FTTH, nomeado ao nível técnico e manutenção da rede.

Top